quinta-feira, 16 de abril de 2015

Teru Teru Bozu: Faça amanhã um dia ensolarado














Ontem choveu aqui, em Porto Alegre, e o tempo parece querer continuar a chorar à noite (como ontem fez), e me lembrei desses bonequinhos... Então, fiz um desenho bobo deles, pra ilustrar o post de curiosidade que importei do blog antigo...

Se vocês nunca ouviram, já devem, pelo menos, terem visto em algum lugar esses bonequinhos, né?! Pelo menos, os que curtem animes e mangás...Bom, eles se chamam Teru Teru Bozu. Em japonês, “teru” significa sol e “bozu“, monge budista. Ou seja, eles são o “Monge do Bom Tempo”.

Os Teru teru bozu são bonecos feitos a mão com papel ou pano. De acordo com o wikipedia, os fazendeiros do Japão começaram a prende-los na janela como amuleto, que, supostamente, teria poderes mágicos para trazer bom tempo e prevenir ou parar os dias de chuva. Teru Teru Bozu ficaram populares durante o Período Edo pelas camadas urbanas, em que as crianças faziam os bonequinhos para que o dia seguinte viesse o sol. Hoje em dia, crianças fazem teru-teru-bozu com papel para não chover nos dias de excursão escolar ou de piquenique.



Ele também pode ser pendurado de cabeça para baixo, quando estão pedindo por chuva, e os Teru teru bozus invertidos são tão comuns quando os de cabeça para cima. :)

Existe uma famosa cantiga de roda japonesa associada ao teru teru bozu, e sua versão traduzida seria mais ou menos isso:

Teru-teru-bozu, teru bozu

Faça amanhã um dia ensolarado
Como o céu de um sonho que tive
Se estiver sol eu te darei um sino dourado

Teru-teru-bozu, teru bozu

Faça amanhã um dia ensolarado
Se meu sonho se tornar realidade
Nos beberemos muito vinhos doces feitos de arroz

Teru-teru-bozu, teru bozu

Faça amanhã um dia ensolarado
Mas se chover você estará chorando
Então eu cortarei a sua cabeça com a tesoura

Meio sádico para crianças, né? Mas é como muitas outras cantigas de roda... D:
Dizem que essa música é associada com a história de um monge que prometeu aos fazendeiros parar a chuva e trazer tempo ensolarado em um tempo em que a chuva estava destruindo a plantação de arroz. Quando o monge não conseguiu trazer o dia ensolarado foi executado. Vários historiadores japoneses discordam com essa versão da história. Provavelmente "bozu" é o nome que se refere não aos monges budistas atuais, mas aos que tinham a cabeça raspada (como a do boneco), e "teru teru" é uma brincadeira em relação com o brilho do sol na cabeça raspada deles (por que teru pode também significar "brilho").

Eu ainda vou fazer um bonequinho desses para deixar pendurado na minha janela! :3 e o meu vai ter cabelinhos, sim u.u

6 comentários

  1. Adorei essa lenda! Sempre gosto de conhecer lendas diferentes assim, e essa me lembra de quando eu era criança, que pra chamar sol, a gente desenhava o sol no chão. Eu sempre acreditei que isso funcionava :3

    Zona de Conspiração | Facebook da Zona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha que amor! eu nao fazia isso D: eu só acreditada na estrela cadente que realizava desejos! haha

      Excluir
  2. Oh, como deve ser bom morar em Porto Alegre! :)

    Já havia visto esses bonequinhos antes e sempre achei eles bonitinhos, mas não sabia o significado. Super interessante!
    Que graça, acho que um dia irei fazer um teru teru bozu, mas de cabeça para baixo pois eu quero chuva! rs

    Tirando a última linha, eu adorei a cantiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou da postagem, Mel! :] conhecer outras culturas é sempre muito interessante mesmo. bjsss :**********

      Excluir
  3. Muito boa a ideia. No nordeste do Brasil devem fazer
    os bonequinhos de de cabeça para baixo, pelos menos
    quando as secas estivem prolongadas.

    Quanto ao último verso da música, fez-me lembrar :

    Atirei o pau no gato... Não é bom ensinar assim.
    Achei ótimo estar aqui e participar desse aprendizado.

    Curto todas as culturas inclusive a japonesa. Dou alguns
    paços aprendendo shodô, acho importante participar...

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bacana, já pensei em estudar Shodô também, mas acho que antes preciso aprender a língua japonesa hehe Pena que os bonequinhos sejam só uma superstição, porque ajudariam muito no Nordeste mesmo. Enfim, obrigada pela visita e pelo comentário! Abraços.

      Excluir

Agradeço aos que reservarem um tempinho para comentar! ♥
Ah!, se tiver alguma sugestão de post ou quiser mandar alguma dúvida, ou qualquer mensagem, vou amar receber *-*

© 2016 BIAREYS.COM.BR ALL RIGHTS RESERVED. Tecnologia do Blogger.
© Bia Reys: ilustrações
Maira Gall