curiosidade: a lenda de Akai Ito






Ois!
Este é mais um post que importo do antigo blog... Eu andava atrás de um dorama pra ver e encontrei o Akai Ito ("fio vermelho", em tradução literal). Aí, descobri que se tratava de uma lenda, e resolvi ir atrás da história. :)

A lenda é original da China e, segundo ela, somos todos conectados por um fio vermelho, amarrado ao tornozelo àquela pessoa a qual estamos destinados. Seria tipo o equivalente ao que chamamos de “alma gêmea”. Há um ditado popular japonês, relacionado à lenda, que diz que “um encontro é um acaso, mas um reencontro é o destino” (QUE.LIN.DO!), que mais ou menos resume a lenda.


Essa lenda, então, acabou se popularizando pelo mundo e agora é mais conhecida por sua versão japonesa na qual o fio se localiza no dedo mindinho. Vocês já devem ter visto algo em algum anime/ mangá alguma referência a isso. Eu sei que eu já vi.


Nas pesquisas que fiz, encontrei várias versões da mesma lenda. Não tenho como verificar qual é a original, até porque parece haver controvérsias, então trouxe apenas essa, por que foi a que mais me chamou atenção:


Diz a lenda que um homem que, a caminho de encontrar sua noiva, esbarrou-se com Xiao Lao Yue (ou Yuelao), o Deus lunar do casamento. Para impedir que o homem cometesse um erro, o Deus mostrou-lhe que aquela mulher com quem estava prestes a se casar não era sua “alma gêmea”. Na verdade, a pessoa a quem seu Akai Ito estava conectado era um bebê que tinha acabado de nascer. O cara, então, ficou "p" da vida, e mandou que um de seus criados matasse aquele bebê. Assim, o homem se casa, mas é muito infeliz durante todo casamento até se tornar viúvo. Aí, já velho, pensando que não poderia mais ser feliz, ele encontra uma bela mulher e casa-se com ela, descobrindo a felicidade que nunca teve. Só que mais tarde, então, ele descobre que sua nova e amada esposa, na realidade, era o bebê ao qual, há muito tempo, aquele Deus havia atado seu tornozelo com uma linha vermelha (aquele a quem mandou matar, mas o criado, na verdade, não o fez).

Bonita história, né? É tipo a tia Suzana Vieira, com seus namorados, e agora todo mundo diz: "se não achou ainda o seu amado, não se preocupe, ele pode não ter nascido ainda"! hahahaha

Enfim, no post do blog, eu tinha colocado uma imagem qualquer, que havia achado no tio google, mas resolvi criar a minha própria versão. :)

Fontes: Ondevaoasnuvens, Le-panda-chanmedosensitivoeltigris 

Comentários

  1. Acho que o meu ainda não nasceu, porque vou te contar,tá difícil hein!!!hahahhaha
    Você acredita nessa lenda?
    Eu não acredito não, o que eu acredito é que todos tem uma pessoa certa para viver o resto da vida,mas esse negócio de fio vermelho para mim não faz muito sentido,apesar de achar a lenda muito interessante!
    Feliz Ano Novo!!! Hahahah
    By:Emy

    ResponderExcluir
  2. Com certeza é uma historia bonita, mas acho que não passa disso. quando eu era pequena, até acreditada em destino, mas hj em dia minhas experiencias de vida não me permitem mais a esse tipo de crenças. Postei mais como uma curiosidade mesmo. Gosto de histórias e lendas. :3
    mas enfim, feliz ano novo pra ti também, querida! :D
    bjsss :*************

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradeço aos que reservarem um tempinho para comentar! ♥
Ah!, se tiver alguma sugestão de post ou quiser mandar alguma dúvida, ou qualquer mensagem, vou amar receber *-*

Postagens mais visitadas