sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Cuidado: um desabafo


Olá, para quem lê este blog.
Bom, hoje resolvi escrever um pequeno desabafo. Na verdade, eu estava navegando na internet, descobrindo blogs novos por aí, e me deparei com uma postagem sobre a intolerância. A pessoa que escreveu conta como está chocada pelo fato de ter que acessar sites de notícia e sempre se deparar com reportagens sobre violência, e o quanto isso a deixa triste, desiludida. Acredita ela (a pessoa) que, por isso, a humanidade está regredindo... Pois bem, resolvi vir aqui propor um novo viés para reflexão. Não só para quem ler, como para mim mesma também.

O texto dela me chamou atenção pelo fato de que eu estava a pensar sobre a mesma questão (a intolerância) há poucos dias. Eu entendo a tristeza que ela sente ao ter que abrir a tela do seu computador e se deparar com inúmeras noticias do gênero. TODOS OS DIAS. É realmente desgastante, deprimente. Dá vontade de arrancar os cabelos e sair gritando pelas ruas "QUAL É O SEU PROBLEMA, CARA! ACORDA!" Pois é. Eu mesma cheguei a fechar minha conta do face por mais de dois meses, porque não aguentava o povo sempre falando em desgraça o tempo todo, todos os dias...

De fato, esse é um assunto complicado, até mesmo complexo do ponto de vista antropológico e sociológico. Mas depois comecei a pensar um pouco mais sobre o assunto e me dei conta de algo muito importante: a intolerância não é problema atual. Ela sempre existiu, e existia até mesmo com maior intensidade no passado. Por isso, eu acredito que estamos progredindo, sim (ao invés de regredirmos, como ela coloca em seu texto), se tomarmos como base a história da humanidade. Quero dizer, HELLOOOOU! No passado as pessoas eram muito mais violentas e intolerantes. As leis eram muito mais rasas, mal elaboradas, burladas, corruptas e etc. Vocês acham que existe muito preconceito e racismo hoje? Pensem numa época em que as leis eram quase inexistentes, ter escravos era uma coisa chique, e o lugar de mulher era na cozinha, calada.

Pois é.
Claro que, com isso, não estou dizendo que o mundo está perfeito. Ene-a-o-til. NÃO. Ainda há um longo caminho a se percorrer até que a sociedade chegue ao estado da perfeição. Aliás, não acredito na perfeição. Num mundo com tanta gente diferente, a perfeição nunca será alcançada. Mas ao estado ideal, sim. Acredito que sim.

O que nos deixa chocados hoje, talvez, seja apenas a velocidade com que as noticias ruins correm hoje em dia. Com um simples clique, ficamos a par de inúmeros casos. E isso é apenas consequência do advento da internet. Mas isso não significa, de modo algum, que a violência era mais branda no passado! É claro que não!

Mas como eu ia dizendo, nós estamos caminhando para frente, sim. Hoje, vejo as pessoas conversando mais sobre assuntos polêmicos, sobre questões importantes como diferenças sociais, preconceitos, política, medicina, educação... Mesmo que ainda haja muita besteira sendo dita por aí, acredito que da discussão nasce a razão. A luz sempre surge. Acredito que o diálogo esteja esclarecendo muitas mentes pelo mundo afora, sim. (e demos um grande viva para a famigerada globalização \o/)

Portanto, do meu ponto de vista, as pessoas estão começando a raciocinar mais, a pensar mais no próximo, a tomar consciência sobre causas realmente relevantes. A pessoas estão evoluindo, sim, e dizer que a humanidade está caminhando para trás é apenas uma tremenda falácia (para não dizer outra coisa). Parem de dizer bobagens de que o mundo está ficando pior, porque não é verdade! Não se sintam tão deprimidos. A gente não está vivendo num mundo tão ruim assim. :)

Amém.

Me desculpem se eu soei meio agressiva, não foi a intensão. Eu poderia ter escrito esse texto diretamente na referida postagem, mas não o fiz por que vi que a pessoa não responde comentários do seu blog, o que seria uma perda de tempo eu ter escrito diretamente para ela essa proposta para reflexão, e como também nunca escrevi nada no blog dela, também não quis colocar o link citando a pessoa para não parecer que eu pudesse querer comprar briga, o que realmente não é o caso. Só estou colocando o meu pensamento aqui, assim como ela fez lá. :) Mas se alguém quiser o link, é só me pedir nos comentários. ;)

Enfim, se alguém tiver alguma colocação a fazer, sinta-se à vontade. :)
na verdade, o post todo foi só uma desculpa para postar o desenho a cima. auiehauiehaui

4 comentários

  1. Oi!
    Adorei seu texto! Fico muito triste quando eu vejo pessoas que dizem que o mundo vai acabar, que está piorando, que a "juventude de hoje" está perdida e etc. Geralmente são as pessoas mais velhas que pensam assim. Gostei de você ter ressaltado o ponto de que hoje as notícias são mais propagadas e por isso se dá a impressão de que acontecem mais absurdos que antes. Porém, acredito como você que justamente o fato dessas notícias se propagarem mais é que faça as pessoas irem se melhorando cada vez mais. Por exemplo, como acreditaria em alguém denunciando outra pessoa da família por um crime se eu nunca vi isso acontecer com mais ninguém? e por aí vai.
    Ah, to achando bem legal você postar textos no seu blog. Pelo que eu tinha fuçado antes, você postava só as ilustrações. Legal conhecer você melhor :3 E adorei o desenho :) Beijinhos!

    http://sabado-chuvoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. claro, tudo tem os dois lados da moeda. se por um lado é ruim recebermos essa chuvarada de noticias ruins, pq nos deixa deprimidos, por outro, nos faz abrir os olhos para o mundo. que bom que gostou da postagem. Na verdade, eu tinha um outro blog onde criava postagens variadas, mas resolvi deixar ele de lado por questões de direitos autorias, pq realmente eu postava algumas coisas sem referencias. eu era mais nova, também, e não entendia muito sobre isso. mas andei fazendo o tema de casa, e acho que agora manjo um pouco mais do assunto, pra não cometer o mesmo deslize. isso é um detalhe que vejo muita gente por aí com blogs que não toma cuidado. é bom ficar atenta ;)

      enfim, não recebi ainda o teu contato.
      bjss :*************

      Excluir
    2. Mandei meu contato pela sua aba de contato ali na barra lateral, mas vou mandar um email pro endereço que você colocou ali na sua apresentação. Beijos!

      Excluir

Agradeço aos que reservarem um tempinho para comentar! ♥
Ah!, se tiver alguma sugestão de post ou quiser mandar alguma dúvida, ou qualquer mensagem, vou amar receber *-*

© 2016 BIAREYS.COM.BR ALL RIGHTS RESERVED. Tecnologia do Blogger.
© Bia Reys: ilustrações
Maira Gall